Tondela recebe XIII Concurso Queijos de Portugal a 13 e 14 outubro

A Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios (ANIL) irá realizar nos dias 13 e 14 outubro, em Tondela, a décima terceira edição do Concurso Queijos de Portugal. A iniciativa decorre numa unidade hoteleira de Tondela e visa dinamizar e apoiar a indústria de lacticínios, em especial o setor queijeiro, divulgando produtos de eleição e excelente qualidade.

De acordo com Maria Cândida Marramaque, diretora-geral da ANIL, este evento pretende “promover e estimular o desenvolvimento da indústria queijeira, no sentido de proporcionar mais e melhores escolhas aos consumidores. Sempre que consideramos oportuno e que o mercado apresenta um conjunto significativo de novidades lançamos uma nova categoria, com o intuito de fomentarmos o conhecimento e o posicionamento do produto”. 

Numa altura em que o setor vive dias de grande instabilidade, “é de extrema importância o apoio e a dinamização de iniciativas que promovam o produto nacional, que mostrem a aposta dos industriais de lacticínios em produtos inovadores, como por exemplo, o queijo com culturas de superfície, não tão tradicional no nosso país, mas bastante apreciado”, referiu a diretora-geral. “Mais que nunca é necessário que os consumidores se mantenham perto da indústria nacional, apoiando-a e consumindo o produto português”, acrescentou.

A organização lançou o convite às empresas produtoras de queijo para que mostrem, através das 24 categorias a concurso, o que de melhor fazem. A edição deste ano irá ter 182 queijos a concurso, de Portugal continental e ilhas. A competição é realizada em regime de ‘prova cega’, por jurados com proveniências diversas, nomeadamente, representantes do sector queijeiro, dos organismos de controlo e certificação, de instituições de ensino, da restauração e da gastronomia, da distribuição, representantes de empresas do sector industrial e comunicação social.