Soenga de Molelos esteve em destaque no Museu de Pré-história de Île-de-Frances

A Soenga de Molelos esteve, este fim de semana, em grande destaque no Museu de Pré-história de Île-de-France, em Nemours, nos arredores de Paris, pela mão da artista luso-francesa Julia Dupont.

A notícia foi dada pela artista ao Museu Terras de Besteiros devido à afinidade temática das coleções entre este Museu e o Museu de Nemours e, também, com o seu próprio trabalho enquanto fotógrafa e videógrafa.

Julia Dupont com raízes familiares no concelho de Tondela, mais especificamente na Ermida, tem, por isso, profundos laços de afetividade com o nosso território e o nosso património cultural, facto que a levou a documentar, através da fotografia, a técnica artesanal de cozedura da louça de preta de Molelos, em concreto a Soenga realizada em 2019.

A reportagem daí resultante foi apresentada no âmbito da Festa da Ciência, evento realizado pelo Museu de Pré-história de Île-de-France com o objetivo de divulgar as técnicas ancestrais de fabrico de cerâmica e, através da realização de vários ateliers, de permitir aos visitantes uma experimentação das mesmas.

Julia Dupont vive e trabalha entre Avon, Paris e Portugal e o seu trabalho de fotografia e de vídeo centra-se na revelação do mundo interior que os indivíduos projetam, tanto no passado como no presente, nos espaços arquiteturais, paisagísticos e histórico-culturais.