Bravo de Esmolfe com edição especial de Bolo Rei para reduzir o desperdício

A iniciativa pretende reaproveitar as maçãs com cariz “não comercial” e de baixo calibre, de forma a estimular a economia circular.

Em contagem decrescente para o Natal, a plataforma drbravo.pt, em parceria com produtores locais, lançou uma iniciativa que visa comercializar uma edição especial de Bolo Rei feito a partir de maçãs Bravo de Esmolfe, produto único no mundo, originário de Esmolfe em Penalva do Castelo.

A receita foi criada por Sandra Ferreira, confeiteira local, que, a partir do reaproveitamento de maçãs, desenvolveu uma nova iguaria que preserva todas as propriedades medicinais da maçã Bravo de Esmolfe, reduzindo a sazonalidade e contribuindo para a circularidade, reintroduzindo uma nova fase na cadeia de valor do produto.

Segundo Cristóvão Monteiro, presidente executivo do CEIT – Centro Estratégico de Inovação Territorial, “esta é mais uma iniciativa que pretende valorizar os produtores e o comércio local, dando uma nova vida às maçãs aparentemente sem “valor comercial”, estimulando a economia circular e a redução do desperdício.”

As encomendas estão disponíveis na plataforma drbravo.pt, numa edição especial e limitada que poderá ser adquirida por 25€ cada Bolo Rei (com desconto de 20% na compra de duas unidades), incluindo o envio ao domicílio.

As reservas só poderão ser feitas até ao dia 18 de dezembro às 20h, sendo entregues entre 21 e 23 de dezembro, assegura a entidade promotora que conta com os CTT – Correios de Portugal enquanto parceiros de distribuição.

Esta ação é aplaudida pelos produtores que podem agora atenuar os prejuízos gerados pelas intempéries de outubro, comercializando maçãs de baixo calibre.