TASCA revela características únicas da gastronomia tradicional portuguesa

– AHRESP apresenta novo projeto no restaurante AdegaMãe, em Torres Vedras, no dia 29 de junho.

– “TASCA – um novo conceito em Portugal e no Mundo” vai revelar, entre outras novidades, uma plataforma que permite identificar os melhores locais para experienciar a cultura e os sabores tradicionais de Portugal.

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) vai apresentar o novo conceito TASCA no dia 29 de junho, no restaurante AdegaMãe, em Torres Vedras. O evento “TASCA – um novo conceito em Portugal e no Mundo” terá início às 17 horas, com a intervenção de chefs, empresários e Turismo de Portugal, e encerra com um cocktail dinatoire alusivo ao projeto.

TASCA – Authentic Portuguese Restaurants nasceu no decorrer do projeto TASTE Portugal, que a AHRESP desenvolveu em parceria com o Turismo de Portugal, apoiado por fundos da União Europeia, no âmbito do COMPETE 2020 através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Através da nova plataforma digital www.tascaportuguesa.pt, o projeto TASCA visa dar a conhecer as características únicas e os sabores distintivos da gastronomia tradicional portuguesa, assim como os locais onde pode ser experienciada. Destina-se, nesta fase, a consumidores nos mercados espanhol, francês, britânico, alemão e dos Estados Unidos da América. 

Mas TASCA é também um conceito de cultura, de forma de estar, de bem receber e de convívio social que caracterizam o povo português. Visitar uma TASCA é uma experiência única de viver Portugal, de conhecer os restaurantes portugueses espalhados pelo mundo, enquanto principais embaixadores gastronómicos do país. A TASCA quer também trazer novos visitantes a Portugal, atraídos pelos traços distintivos da gastronomia e cultura nacionais. 

Além da lista de restaurantes aderentes, a plataforma digital disponibiliza um conjunto de receitas típicas, do Bacalhau à Brás ao Arroz Doce, do Cabrito Assado no Forno ao Arroz de Polvo até aos Rissóis de Camarão. Todas as receitas tradicionais demonstram a diversidade da gastronomia portuguesa e pretendem criar interesse numa visita ao destino Portugal, numa aliança entre a gastronomia, a história, a riqueza geográfica e natural e o património cultural. 

Para o presidente da AHRESP, Carlos Moura, “a gastronomia portuguesa tem vindo a assumir uma visibilidade a nível internacional, com um número crescente de distinções recebidos por estabelecimentos de restauração. Esta iniciativa que agora lançamos capitaliza nesse reconhecimento e complementa-o com aquilo que é a alma nacional, os sabores únicos que distinguem a nossa gastronomia, trazendo essa experiência dos restaurantes portugueses aos mais sofisticados mercados internacionais. Esperamos desta forma contribuir para uma maior apetência pela experiência da gastronomia nacional, alargando a esta dimensão o perfil dos tradicionais visitantes do nosso país”.