Festa do Pão de Vale de Ílhavoacolheu cerca de 24 mil visitantes

A Festa do Pão de Vale de Ílhavo 2024 chegou ao fim com um balanço positivo. No total dos três dias (15 a 17 de março), a tenda instalada no Jardim Henriqueta Maia, no centro de Ílhavo, recebeu cerca de 24 mil visitantes, o que se traduz num aumento significativo em relação ao ano anterior que obteve a marca de 20 mil visitantes.

Oito padeiras(os) de Vale de Ílhavo marcaram presença na Festa do Pão, durante as tardes de sábado e de domingo, com as suas padas, folares e broas. De salientar que, com um esforço redobrado das padeiras, foi possível aumentar a produção de pão e saciar os visitantes satisfatoriamente. As duas moagens de Vale de Ílhavo – Moagem Carlos Valente e Moagem Grave – também estiveram presentes com os seus produtos.

A Associação Cultural e Recreativa “Os Baldas”, parceira da Câmara Municipal de Ílhavo na organização deste evento, manteve os fornos quentes durante os três dias, garantindo a venda de pão com chouriço, com bacalhau ou com queijo e fiambre. Esta associação de Vale de Ílhavo vendeu, aproximadamente, 5000 pães, utilizando cerca de 700 quilos de farinha, 186 quilos de chouriço, 16 quilos de queijo e 10 quilos de fiambre.

Além do pão artesanal de Vale de Ílhavo, nesta edição os visitantes tiveram a oportunidade de provar os folhados de São Salvador, comercializados pela junta de freguesia local; o pão de Deus e as regueifas da Iracema; e o folar de panela da Confraria do Senhor Jesus de Navegantes.

Durante o fim de semana, o jardim esteve sempre bastante concorrido, inclusive à noite, com a Festa da Cerveja – uma novidade deste ano – com o concerto de Puzzle Acústico e o DJ set de Charles Lazer. Os Cardadores de Vale de Ílhavo e a cerveja Quinas garantiram o serviço de bar nas noites de sexta-feira e sábado, contabilizando-se 19 barris de cerveja consumidos.

O Jardim Henriqueta Maia esteve animado, com a feira de usados “Porta da Bagageira”, com cerca de 50 bancas participantes. Por ali circularam, também, o grupo Animadixie, dois artistas de circo, um mágico, a banda de percussão de Vale de Ílhavo Toca a Baldar, além dos carismáticos Cardadores. O Grupo de Danças e Cantares da Gafanha do Carmo encerrou a festa, no domingo.

A participação ativa nas várias atividades da Festa do Pão de Vale de Ílhavo demonstra, também, o sucesso do evento, desde a iniciativa Porta Aberta, os ateliês – “Mete a mão na massa”, “Criar com Palha de Milho” e “Pás e Padas” – e a visita interpretativa a Vale de Ílhavo.

De registar, também, a participação, no dia 15, de cerca de 50 crianças da EB da Chousa Velha e da EB da Gafanha do Aquém, que tiveram a oportunidade de “meter a mão na massa” e conhecer o ciclo da água. O programa também envolveu cerca de 100 idosos, de vários lares, centros de dia e da comunidade, que alinharam em várias atividades – o concurso “A minha pada é melhor que a tua”, um ateliê de decoração de aventais bordados e um momento musical dinamizado pela Oficina de Música de Aveiro.

A avaliação positiva da terceira edição da Festa do Pão de Vale de Ílhavo é unânime, cumprindo o desígnio de valorizar a tradição do Pão de Vale de Ílhavo, envolvendo o tecido associativo e estimulando a economia local.