Politécnico de Viseu integra projeto europeu para avaliar poluentes nas águas subterrâneas

O Instituto Politécnico de Viseu integra o projeto europeu Path4Med – “Demonstrating innovative pathways addressing water and soil pollution in the Mediterranean Agro-Hydro-System”, que tem como objetivo desenvolver soluções integradas para monitorização e remediação de pesticidas e nutrientes em águas subterrâneas na bacia hidrográfica do rio Dão.

Este projeto recebeu um financiamento global de oito milhões e meio de euros por parte da Comissão Europeia, no âmbito do Programa Horizonte Europa e é coordenado na Escola Superior Agrária de Viseu pelos Professores José Luís Pereira e Cristina Amaro da Costa.

Durante os quatro anos de duração, o projeto Path4Med irá desenvolver uma rede europeia, que abrange uma diversidade relevante de sistemas agrícolas mediterrânicos. Para além da partilha da aprendizagem que irá resultar da ligação entre os parceiros europeus, criar-se-á uma base de conhecimento científico sobre tecnologias e soluções de gestão agrícola que podem ajudar a prevenir a poluição da água e do solo.

Path4Med é um projeto multidisciplinar cujo objetivo geral é contribuir para o desenvolvimento de estratégias claras para a poluição zero da água e do solo da bacia do mar mediterrâneo, e de outros mares europeus, causada pela atividade agrícola, através de uma abordagem inovadora que visa alcançar a sustentabilidade económica, social e ambiental e garantir o bem-estar humano e o funcionamento dos ecossistemas.

O projeto Path4Med reúne 26 parceiros de instituições de ensino superior e investigação de 18 países da Europa, tem início em maio de 2024 e a coordenação geral é da responsabilidade da Agricultural University of Athens, na Grécia.