Concurso Cidades do Vinho destaca Gouveia e os seus vinhos pela excelência

A quarta edição do Concurso Cidades do Vinho decorreu, em Gouveia, entre os dias 09 e 11 de maio e revelou-se um enorme sucesso. Um concurso único em Portugal que tem como principal objetivo divulgar os vinhos associados ao seu território, em que os Municípios se aliam aos vitivinicultores para, em conjunto, atuarem como promotores dos vinhos produzidos na sua região, potenciando a valorização de ambos.

Uma organização conjunta da Associação das Rotas dos Vinhos de Portugal, da Associação de Municípios Portugueses do Vinho, que contou com o alto patrocínio do Presidente da República e com o apoio institucional do Ministério da Agricultura. Um concurso que colocou em destaque Gouveia e o que o nosso concelho tem de melhor para oferecer, valorizando, essencialmente, duas atividades económicas com grande significado e potencial no território: a vitivinicultura e o turismo.

Durante quatro dias, o Município recebeu 315 amostras submetidas a provas cegas, de um conjunto de 13 regiões de todo o território nacional. Deste universo, o júri do concurso, composto por trinta elementos e presidido pelo enólogo português, consultor e atual Presidente da Associação Portuguesa de Enologia, António Ventura destacou 36 vencedores de Grande Medalha de Ouro, a mais alta distinção, e 64 medalhas de Ouro, nas categorias de Vinhos Tranquilos, Vinhos Licorosos e Espumantes.

De entre os vencedores, constam, como já vem sendo habitual, os vinhos produzidos no concelho de Gouveia, que se destacaram como estando entre os melhores, somando 2 Grandes Medalhas de Ouro e 9 Medalhas de Ouro.

Assim, com a Grande Medalha de Ouro, destacaram-se o vinho branco “Villa Oliveira”, da Casa da Passarella e o vinho tinto “Quinta da Espinhosa Reserva Vinhas Velhas” da Quinta da Espinhosa, ambos na categoria de vinhos tranquilos. As Medalhas de Ouro foram, por sua vez, atribuídas à Adega Cooperativa de Vila Nova de Tazem, que angariou 2 medalhas com a marca “Pedra da Paciência”, na referência de vinhos branco e tinto; à Quinta da Perdonda, com a marca “Quinta da Perdonda Vinhas Velhas 2020” na referencia vinho branco; à Casa da Passarella, com o vinho tinto “Villa Oliveira” e com o vinho branco “Abanico” ; à Quinta da Ponte Pedrinha, com os vinhos tintos “Quinta da Ponte Pedrinha Vinhas Velhas” e “Quinta da Ponte Pedrinha 2018”; à Casa Américo, com os vinhos brancos “Casa Américo 2023” e “Casa Américo Reserva 2021”.

Os premiados foram conhecidos e as condecorações serão entregues no decorrer da Feira Nacional da Agricultura, em Santarém. Os vinhos do Concelho de Gouveia demonstraram, assim e mais uma vez, a sua excelente qualidade, assumindo um carater, equilíbrio e elegância que os posiciona num patamar de reconhecimento e realce no panorama vitivinícola mundial. O Município de Gouveia parabeniza os vencedores e felicita-os pelo mérito e excelência no trabalho desenvolvido