Câmara apoia requalificação da Capela de Nossa Senhora da Saúde em Carvalhal da Mulher

A Câmara Municipal de Tondela vai apoiar com 50 mil euros as obras de reabilitação que estão a decorrer na Capela da Nossa Senhora da Saúde e no espaço envolvente, em Carvalhal da Mulher, na União de Freguesias de Caparrosa e Silvares.

O protocolo de apoio financeiro a esta empreitada foi assinado recentemente, no templo religioso, pela presidente da autarquia, Carla Antunes Borges, e pelo padre Sérgio Pinho, presidente da Fábrica da Igreja Paroquial de Silvares. Na sessão participaram os vereadores Vera Machado e Francisco Fonseca e o presidente da União de Freguesias de Caparrosa e Silvares, Mário Simões.

A presidente da Câmara disse que era “com agrado e com sentido de dever cumprido” que estava em Carvalhal da Mulher para “assinar um protocolo que resulta de um compromisso assumido há cerca de um ano e meio”.

Carla Antunes Borges recordou que o município apoiou esta intervenção desde a primeira hora e acrescentou que é este tipo de projeto que ajuda a promover a coesão no território.

“Eu acredito que temos que passar das palavras aos atos, ou seja, não é só apregoar a coesão territorial entre Tondela e Lisboa, temos que apregoar a coesão territorial também entre Tondela e Carvalhal da Mulher”, defendeu.

A autarca disse ainda que esta obra só está em curso graças a uma união de esforços entre todos, da Igreja, à Câmara, passando pelo Estado e pela Junta de Freguesia.

“Temos que ter a capacidade de dar as mãos e de nos ajudarmos e promovermos entreajuda para fazermos com que estes lugares e aldeias continuem a ter as condições para que as pessoas possam continuar a viver aqui. E este foi o nosso principal objetivo”, finalizou.

Já o padre Sérgio Pinho agradeceu à Câmara Municipal “o esforço e a ajuda em nome da comunidade de Carvalhal da Mulher”. Segundo o sacerdote, as obras que tiveram início em janeiro devem estar prontas até ao dia 15 de agosto, a data da festa da Nossa Senhora da Saúde.

Por seu lado, o presidente da União de Freguesias de Caparrosa e Silvares, Mário, falou “uma alegria muito grande” e numa “obra há muito ansiada pelo povo de Carvalhal da Mulher”.

“Tínhamos aqui um espaço que precisava de uma requalificação, que estava muito degradado, e é um espaço lindíssimo. Se calhar será o ex-líbris em termos paisagísticos da freguesia”, apontou.

As obras de reabilitação da capela estão orçadas em 126 mil euros. Este montante é financiado com 50 mil euros pelo município e com outros 50 mil euros pelo Estado Central, no âmbito do Programa Equipamentos. O restante valor será suportado pela Fábrica da Igreja Paroquial de Silvares.

O projeto prevê a requalificação do adro do templo religioso datado do século XIX, o arranjo dos muros, uma intervenção da torre da capela, que voltará à traça original, ficando novamente com um campanário. No edifício contíguo, serão criados WC, com casas de banho e chuveiro, uma pequena cozinha e uma zona de arrumos.